Por que você se chama seu nome?

Se eu tivesse nascido menino era certo que eu me chamaria Rafael. Felizmente (ou infelizmente), no ultrassom não apareceu nenhum micro pênis. Deus queria que eu tivesse uma xoxota e deu mais um trabalho pro Marcão e pra Dona Fátima: escolher um nome de menina.

Meu pai, que sempre teve um gosto duvidoso (desculpa, pai!), queria que eu me chamasse Úrsula ou Glorinha (sim, assim mesmo, no diminutivo). Minha mãe, sempre muito sensata nem pestanejou e pra minha sorte, ele deixou com ela a tão difícil decisão.

No ínicio, ia ser Carolina. Até que minha prima, nascida no mesmo ano que eu, só que 7 meses antes, foi batizada com um composto meio mexicano: Flávia Carolina.

Duas Carolinas na família, nascidas no mesmo ano, não ia rolar.

Era 1981, Natalia Nikolaevna Zakharenko, ou Natalie Wood, estava sumida do cinema. Seus últimos filmes haviam sido um fracasso comparados aos primeiros sucessos como Juventude Transviada (1955), onde atuou ao lado de James Dean e foi indicada ao Oscar de melhor atriz, e Rastros de Ódio (1956).

Um ícone da época, minha mãe achava Natalie linda, talentosa, e… OPA, OPA,  que nome daora.

Nathalia. Natalia do Vale?

Nasci às 10h30 do dia 27 de novembro, com 51 centímetros e pouco mais de 3 kilos. Branquela e careca. Careca demais.

Coincidência ou não, no dia que saí da maternidade, 29 de novembro, Natalie Wood morreu.

O corpo da atriz foi encontrado flutuando nas proximidades da ilha de Catalina, na Califórnia, onde passara um fim de semana ao lado de seu marido, o ator Robert Wagner, e seu companheiro de filmagem, Christopher Walken (confesso que sempre penso que tava rolando um ménage 😛).

Nat, sua linda <3

Na época o caso foi considerado acidente.  Após uma briga de casal, Natalie – que estava bêbada -, tentou saltar no bote atado ao iate e caiu no mar. Fim.

No entanto, muitos acharam e acham até hoje, que Wagner, com quem ela tinha um relacionamento conturbado, teve participação no ocorrido.

Trinta e poucos anos depois, a morte da atriz ainda é um mistério. Inclusive a polícia de Los Angeles chegou a reabrir o caso depois de denúncias de que o capitão do iate teria mentido às autoridades na época. No entanto, ninguém foi indiciado.

Foda, né? Mas tragédias à parte eu adoro toda essa história em torno de um nome.

E o seu? Teve alguma inspiração?

7 Comments on Por que você se chama seu nome?

  1. Lilian Natal
    09/05/2014 at 20:09 (5 anos ago)

    Natália, eu estava falando exatamente sobre isso há duas semanas. Queria queimar todos os meus sutiãs, porque nenhum ficava realmente bom. Até que comprei dois que foram meio caros, mas que enfim me fizeram acreditar na humanidade novamente…

    Responder
    • brogiatto
      12/05/2014 at 17:03 (5 anos ago)

      Oi Lí, onde que você comprou! Divide com a gente! Sempre é bom essas infos! 🙂

      Responder
  2. Sabrina Orlov
    09/05/2014 at 21:38 (5 anos ago)

    Eu fiquei sem nome por 2 dias. Meu pai também queria um menino. Minha mãe ficou entre Natalia e Tatiana. Ai meu avó levou para a maternidade um daqueles livros de banca de jornal, Sabrina (aquele tem que tem Julia, Samanta etc, nome de putas do Vintão). E ai ficou decido no Sabrina mesmo….já ouvi também que era por conta do seriado Charlie’s Angels, que também tinha uma Sabrina e ela era a mais inteligente. Voilá.

    Responder
    • brogiatto
      12/05/2014 at 17:03 (5 anos ago)

      Ah, que lindo a gente com o mesmo nome <3

      Responder
  3. Lívia
    22/05/2014 at 19:36 (5 anos ago)

    Se liga: eu ia chamar MORENA ou LOA, ou MOEMA. Mas Deus me abençoou e deram este nome bárbaro, “Lívia”, que significa “pálida, lívida”. O oposto, veja. Coisa linda! Sou fã do seu blog, queria saber onde você corta o cabelo. Beijos no coração.

    Responder
    • brogiatto
      23/05/2014 at 10:12 (5 anos ago)

      hahaha tonta! Lívia é lindo… Não ia combinar vc chamar Morena!

      Responder

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.